A aventura de João Paulo Félix em bicicleta

Foi no passado dia 11 de Junho que João Paulo Félix se lançou em mais um desafio: em cima de uma bicicleta (uma Brompton), em contra-relógio, unir Chaves a Faro. Foram quase 740 quilómetros, pela mais longa estrada nacional (N2) e uma causa: João Paulo pedalou pela Associação de Doentes com Lúpus. Pelo desafio, sim, mas também pelo fim solidário.

“A minha vida é 50% de profissão e 50% de aventura e cada uma contamina a outra”, disse João Paulo Félix ao jornal Público, acrescentando que, “alimento-me destes desafios, está-me no sangue. Talvez sejam os genes aventureiros dos portugueses. Ando sempre à aventura, a buscar coisas, a tentar inspirar.” Por isso, João Paulo está disponível a dar a cara por organizações porque admite, “há trabalhos que devem ser mais divulgados na sociedade civil e o desporto pode ajudar, não é um mundo isolado.”“

O objectivo deste desafio foi cumprido e deixamos-lhe os momentos em fotografia. Ficou cumprida a causa e o desafio!

Foto 1: O desafio é Faro.

Foto 2: Em Vila Pouca de Aguiar

Foto 3: 70 quilómetros já estão!

Foto 4: Quilómetro 103. Paragem técnica para a bifana e sopa.

Foto 5: “O Momento”

Foto 6: 252 quilómetros já feitos!

Foto 7: O quilómetro 300 já fiocu para trás.

Foto 8: O objectivo não foi cumprido, João Paulo estava no quilómetro 454 e deveria estar no 500. A tentar recuperar!

Foto 9: 57h20m, quilómetro 547

Foto 10: Siga para Faro!

Foto 11: Faltam 34 quilómetros para a meta final!

Foto 12: Objetivo concluidooooo! 80h30m24s. João Paulo saiu dia 11 às 12.10 de Chaves e chegou a Fato dia 14 às 20.30. 739,260 quilómetros a pedalar para divulgar a Missão da Associação de Doentes com Lúpus numa bicicleta Brompton roda 16 e em autonomia.

Foto 13: A rota da N2

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *